quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Sequência didática ( bilhete).

NÚCLEOS JOAQUIM MOREIRA DO CARMO /BOCAINA
ESCOLA NOSSA SENHORA DE GUADALUPE
COORDENADORA ANA KIRIA BRITO FERREIRA

SEQUENCIA DIDÁTICO – BILHETE

As cartas e bilhetes são gêneros textuais de uso frequente que geralmente servem para comunicar informações, dar instruções, relembrar atribuições, solicitar algo, relatar fatos pessoais etc. Por cumprirem uma variedade de propósitos, podem, sem dúvida, fazer parte do cotidiano da sala de aula.
A elaboração de um texto vai muito além do seu registro por escrito – esse é um dos princípios que norteiam essa situação didática. Tal fato deve ser levado em conta principalmente no início do processo de alfabetização, quando ainda é muito complicado enfrentar, simultaneamente, todos os desafios que a produção de um texto coloca: a definição do conteúdo, a organização da linguagem, a escolha de quais letras e em que sequência, além, é claro, do próprio ato de grafar, que, para o escritor iniciante, também é complexo e cansativo. Por isso, a situação de produção oral com destino escrito – na qual os alunos ditam o texto para o(a) professor(a) – oferece muitas vantagens quando se trata de enfocar com os alunos as questões relativas à linguagem que se escreve e às outras aprendizagens concernentes à produção de um texto.
No caso da escrita de cartas ou bilhetes, para que ocorra aprendizagem, é necessário garantir que os alunos:
·         Tenham um destinatário real e uma finalidade definida para a escrita da carta/bilhete;
·          Conheçam bem o conteúdo que deverá ser escrito.
É interessante que os alunos, antes de ditarem a carta ou o bilhete para você, tenham tido a oportunidade de ouvir e discutir textos desse gênero. Assim terá um modelo, uma referência que os ajudará na construção do texto.
O que o aluno poderá aprender com esta sequencia:
*Ampliar as habilidades de interpretação textual;         
- Compreender a estrutura do bilhete.
- Leitura.
- Escrita.
1-ATIVIDADE  de leitura
OBJETIVOS
Ler um texto procurando relacionar aquilo que está sendo lido em voz alta com as palavras escritas.
•Conhecer a estrutura texto que faz parte do repertório popular de nossa cultura.
•Escrever um bilhete em um contexto de comunicação real.
PLANEJAMENTO
 A atividade é coletiva e os alunos podem ficar em suas carteiras.
 Lousa e piloto.
Duração: cerca de 30 minutos.
ENCAMINHAMENTO
·         Apresentar o bilhete em um papel metro, lendo para  a turma fazendo questionamentos: que tipo de texto é este? O que é um bilhete? Quem de vocês já escreveu ou recebeu um? Para quem você já escreveu?
·         Então hoje iremos analisar este bilhete que esta no papel metro para aprendermos mais sobre o bilhete. Quem escreveu? Para que ele escreveu? Qual o assunto do bilhete? Como se despediram?
·         Circular no papel metro as repostas dos alunos com cores diferentes-vermelho para quem mandou. Verde para quem recebeu e amarelo o assunto principal do bilhete;
·         Depois da discursão e socialização pensar  para quem no final da sequencia ira escrever o seu bilhete;


2-ATIVIDADE: PRODUÇÃO ORAL COM   DESTINO ESCRITO

OBJETIVOS
·         Diferenciar a linguagem escrita da linguagem falada.
·         Organizar, oralmente, um texto em linguagem escrita.
·         Participar da produção coletiva de um texto de relevância social: um
bilhete com os dados dos colegas.
PLANEJAMENTO
 A atividade é coletiva e os alunos podem ficar em suas carteiras.
 Lousa e piloto.
Duração: cerca de 30 minutos.
Observação: essa atividade os alunos devem responde o bilhete trabalhado na primeira aula.
ENCAMINHAMENTO
Antes de os alunos começarem o ditado para você, explique-lhes a necessidade de escreverem o bilhete –  para quem/.
Pergunte-lhes quais informações precisam constar desse bilhete e anote-as num canto da lousa.
Solicite-lhes que pense qual seria o melhor jeito de começar, e escreva tudo que eles falarem. Por exemplo, alguns podem começar diretamente:
“O nosso horário é...” ou algo parecido. Você deve discutir com eles e sugerir adequações, lembrando para quem e para que é o bilhete e perguntando se não haveria uma forma mais completa de iniciá-lo.
Ao longo da produção, é importante que você releia o que já foi escrito, aponte incoerências e repetições e sempre dê a eles a oportunidade de opinar e sugerir.
É fundamental que você, ao modificar o texto, mostre e explique exatamente o que está fazendo – isso lhes possibilita perceber como a escrita se relaciona com a fala e, por outro lado, como a linguagem escrita é diferente da linguagem falada etc.
Depois de terminado, copie num papel e providencie cópias para que levem o bilhete para casa.
O QUE MAIS FAZER?
É importante que você aproveite todas as situações possíveis para ler as comunicações que chegam à classe. Assim, ao escreverem bilhetes e cartas, eles terão referências importantes de como fazer. Assunto não falta: como cuidar dos livros que são levados para casa, o que não deve faltar na mochila, informações sobre eventos e reuniões da escola, dicas de programas de TV, passeios, entre outros. Quanto mais os alunos puderem participar dessas situações de comunicação, melhor!
Com o tempo, eles mesmos poderão copiar os bilhetes da lousa, ler sozinhos ou ler para os pais de forma cada vez mais autônoma.

3 atividade leitura
Objetivo: conhecer a estrutura de um bilhete
Passos:
·         Organizar a turma em duplas produtivas;
·          Passar a consigna: Josué precisa dar um recado a sua mãe e deixou um  bilhete todo embaralhado .Vamos ver se vocês conseguem ajudar Josué a organizar?
·         Entregar o bilhete em tiras para ser organizado( neste momento o professor deverar circular pelas duplas para orientar e intervir;
·         Socialização da atividade;



4 atividade –leitura
Objetivo: utilizar a estratégia de antecipação e verificação considerando aquilo que já sabem sobre o sistema de escrita, para localizar  itens pedido;
Encaminhamentos:
·         Distribuição do texto individualmente/ou em duplas;
·         Passar a seguinte consigna: vocês irão ler este texto silenciosamente ou em dupla quantas vezes for necessário para compreendê-lo, em seguida responderão as questões, voltando ao texto sempre que for necessário;
·         Socialização da atividade;

5 atividade –escrita /duplas
Objetivo:
·         participar de uma situação de escrita em duplas ,começando a conhecer alguns procedimentos relacionados ao ato de escrever.
·         Desenvolver alguns comportamentos de escritor: planejar o que vai escrever ;
Encaminhamentos:
·         consigna :Hoje vocês ira responder  um bilhete que a chapeuzinho escreveu para o lobo.
·         Montar as duplas produtivas;
·         Entregar o bilhete para que faça a leitura compartilhada do bilhete;
·         Fazer no quadro junto com os alunos o planejamento do texto pensando para quem escrever e o assunto a ser escrito. O planejamento deve estar no quadro para orientar as duplas na escrita.
·         Entregar uma folha para as duplas para que as mesmas produzam o bilhete. (o professor deve circular entre as duplas para fazer as intervenções necessárias;
·         Socialização da escrita.

6  atividade –revisão coletiva
Objetivo:
·         Aprender procedimentos de revisão;
·         Compreender a importância da revisão no aprimoramento da linguagem utilizada, considerando características do que esta sendo escrito e a melhor compreensão de todos que lerão o texto;
Encaminhamentos:
·         Relembrar a escrita do bilhete da aula passada;
   Para que observem os problemas de linguagem, é importante que você passe a limpo o texto, corrigindo os erros de ortografia, pois de outra forma os alunos ficarão com a atenção direcionada para a escrita incorreta das palavras. Esse texto pode ser transcrito num cartaz ou no quadro.
·         Leia o texto e explique aos alunos que deverão sugerir alterações para melhorar a linguagem, para que todos os que lerem possam compreendê-lo e apreciá-lo. Diga também que não há erros de ortografia, garantindo, desta forma, que se fixem somente nas questões discursivas.
             Leia cada parágrafo e deixe que sugiram alterações. Faça aquelas que forem pertinentes (os problemas mais recorrentes são: repetição de elementos de ligação entre as orações, repetição excessiva; omissão de partes que comprometem a compreensão do bilhete; trechos confusos).
·         Se você identificou problemas que os alunos não apontaram, assinale-os e proponha que reflitam sobre eles, buscando formas de resolvê-los.
·         A pontuação, considerada uma aliada na organização da escrita, é um recurso coesivo que torna mais fácil a compreensão do texto para o leitor. É interessante que, nesse momento de revisão, a atenção dos alunos seja direcionada ao uso dos sinais de pontuação como recursos que orientarão os leitores na compreensão do texto. Alguns erros comuns que devem ser apontados:
·         Não usar letras maiúsculas depois de ponto ou no início de uma frase.
·         Omissão do ponto final, interrogação ou exclamação.
·         Faça assim até o final do texto.
7  atividade –escrita de um bilhete para o pai.
Objetivo:
     participar de uma situação de escrita de um bilhete para os pais ,começando a conhecer alguns procedimentos relacionados ao ato de escrever.
     Desenvolver alguns comportamentos de escritor: planejar o que vai escrever ;
Encaminhamentos
     consigna :Hoje vocês irão escreve um bilhete  para os pais de vocês .
     Fazer no quadro junto com os alunos o planejamento do texto pensando para quem escrever e o assunto a ser escrito. O planejamento deve estar no quadro para orientar as duplas na escrita.
     Entregar uma folha para as duplas para que as mesmas produzam o bilhete. (o professor deve circular entre as duplas para fazer as intervenções necessárias;
     Socialização da escrita.
8 atividade-revisar o bilhete.
Obs: usar o mesmo processo da aula de revisão  da atividade-6

     9 ATIVIDADE : PASSAR A LIMPO E ILUSTRAR
Objetivo
•Considerar a importância da apresentação do texto: a diagramação, a limpeza, o traçado e a legibilidade das letras, para favorecer a comunicação com o leitor.
Encaminhamento
             Explique aos alunos que deverão passar a limpo o texto revisado.
             Caminhe pela classe orientando as parcerias (quem passará o texto a limpo, quem acompanhará, indicando possíveis incorreções), esclarecendo dúvidas ou observando descuidos com a qualidade dessa produção, que já é parte do produto final.
             Quando  terminar, oriente-a para reler todo o texto e depois a acompanhe em nova leitura. A seguir, proponha que inicie as ilustrações do bilhete.

              





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário